DEZEMBRO / 2017 - 19 MILHÕES DE PÁGINAS VISTAS - OBRIGADO PELA COMPANHIA

DEZEMBRO / 2017 - 19 MILHÕES DE PÁGINAS VISTAS - OBRIGADO PELA COMPANHIA
NOSSA DIGITAL É A DEFESA DE QUEM TRABALHA E TRABALHOU !

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

AQUISIÇÃO DE CAÇAS GRIPEN PELO BRASIL - GERAÇÃO DE EMPREGOS E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO


PARA ALÉM DAS NECESSIDADES DO BRASIL NA ÁREA DE DEFESA ESTRATÉGICA DO SEU TERRITÓRIO, O PROJETO GRIPEN TEM IMPORTÂNCIA NA ÁREA DE TECNOLOGIA E ECONOMIA.

Brasil e Suécia assinaram nesta terça-feira (25/08/2015), em LONDRES (FORO NEUTRO DE INTERMEDIAÇÃO DO ACORDO) o contrato de financiamento para aquisição e desenvolvimento dos AVIÕES DE CAÇA GRIPEN NG. Foi cumprida assim, a última exigência para o início da fabricação dos novos 36 caças, que serão entregues entre 2019 e 2024, e terão vida útil de 30 ANOS, suprindo grande parte das necessidades da FAB na sua missão de PATRULHAR e DEFENDER o espaço aéreo do Brasil. 


Importante destacar nesse ACORDO, que ele não se trata apenas da compra de aviões, mas, é fruto de uma negociação conduzida, visando proporcionar ao BRASIL acesso à mais moderna tecnologia aeronáutica, gerando inclusive empregos aqui, visto que, parte das aeronaves será construída em FÁBRICA que vem sendo estruturada pela EMBRAER. No futuro, o Brasil ESTARÁ CAPACITADO para produzir e exportar uma versão do GRIPEN, em parceria com a empresa sueca SAAB.

CONEXÃO SERVIDOR PÚBLICO

TRECHO TRANSCRITO DO SITE DO MINISTÉRIO DA DEFESA

Anunciado em dezembro de 2013, o contrato comercial com a empresa sueca SAAB inclui a compra de aeronaves de combate, suporte logístico e compra de armamentos necessários à operação dos caças.

Leia também
Senado aprova projeto Gripen N/G
Em coletiva, ministro explica contrato do Gripen
Brasil e Suécia chegam a acordo sobre o projeto Gripen NG


A Força Aérea Brasileira receberá 36 aviões de caça Gripen NG. A primeira aeronave deverá ser entregue em 2019 e, a última, em 2024. O contrato prevê ainda a fabricação de 15 das 36 unidades no Brasil, incluindo oito unidades de dois lugares, um modelo criado especialmente para a FAB.


A participação do Brasil no desenvolvimento do projeto dará à indústria aeronáutica brasileira acesso a todos os níveis de tecnologia, incluindo os códigos-fonte do Gripen. O programa de transferência de tecnologia incluirá itens como a integração de hardware, aviônicos, software e sistemas da aeronave, além do intercâmbio de conhecimento com mais de mais de 350 brasileiros indo a Suécia para treinamento.

Em paralelo, a Embraer também vem se preparando para receber o Gripen NG e já realizou as obras de terraplanagem para construção do prédio que abrigará o Centro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO !!!! REDOBREM O CUIDADO COM O QUE ESCREVEM E COM OS TERMOS QUE USAM. O BLOG É LUGAR DE TROCAR OPINIÕES E NÃO DE TROCA DE OFENSAS. Deixe seu comentário na certeza de que sua opinião é muito importante. Ressalvamos o nosso direito de deletar conteúdos debochados, rasteiros, com pregação de ódio, ilegalidades, ofensivos ou injuriosos. A responsabilidade pelo que escreve é do autor do comentário, que poderá ser identificado com ordem judicial pelo IP.

ACERVO SOU SERVIDOR

CONEXÃO NOTÍCIAS

CONEXÃO NOTÍCIAS
O SERVIDOR / TRABALHADOR BEM INFORMADO - CLIQUE NA IMAGEM