segunda-feira, 25 de julho de 2016

INCA EM GREVE - SERVIDORES TIVERAM 40% DO SALÁRIO CORTADOS PELO GOVERNO TEMER

MEDIDA PROVISÓRIA APROVADA NO SENADO EMBUTIU UM "CONTRABANDO" E CORTOU A GRATIFICAÇÃO DE QUALIDADE. 8.000 TÉCNICOS DE CARREIRA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA SERÃO PREJUDICADOS


REPRESENTAM 50% DA FORÇA DE TRABALHO DA INSTITUIÇÃO NA ÁREA TÉCNICA - SEM ELES O INCA NÃO FUNCIONA

Uma greve, até que o governo REVOGUE E VETE a parte da MP que cortou 40% dos salários dos SERVIDORES DO INCA, foi deflagrada hoje no Rio de Janeiro. O movimento será ampliado para todo o Brasil, pois o corte atinge, ainda, cerca de 8 mil servidores da carreira em todo o país, que em assembleia, ontem, decidiram aderir à paralisação a partir de quinta-feira (28/7).

O movimento é contra a redução de 40% dos salários dos técnicos da carreira de Ciência e Tecnologia, que representam cerca de 50% da força de trabalho do hospital. 

Em passeata pelas ruas do Centro do Rio, os SERVIDORES denunciaram para a população e para os TURISTAS que já estão na CIDADE, o ataque que o SUS e SAÚDE PÚBLICA vem sofrendo. Fizeram ainda referência aos gastos exorbitantes com os JOGOS OLÍMPICOS e aos inúmeros casos de CORRUPÇÃO no governo.

A repercussão foi grande, e a força do movimento de paralisação tamanha, pela ampla adesão, que de imediato o governo se movimentou e prometeu que o corte será revisto. Uma REUNIÃO foi marcada para amanhã com diretores da ÁREA DE SAÚDE e ADMINISTRATIVA do INCA.

Os servidores, porém, querem ver a MP VETADA PELO PRESIDENTE INTERINO - Michel Temer.

COMO FOI O MOVIMENTO DE PARALISAÇÃO E PROTESTO - Fonte: SINDSPREV


O protesto seguiu pelos trilhos do VLT e às 10h14 entrou na Rua Santa Luzia. Às 10h26 chegou ao Ministério da Cultura, onde uma tropa da Polícia Federal e da Polícia Militar estava postada, após desocupar à força o Ministério da Cultura. Ali, no Palácio Capanema, os ocupantes protestavam em defesa da Cultura e contra o governo golpista de Michel Temer. A passeata para, presta solidariedade e avança pela Rua Graça Aranha e pergunta à polícia federal: “1, 2, 3 cadê o Japonês”, num questinamento à desocupação.

Às 10h45 chega ao Nerj. Uma comissão é recebida pelo DGH, às 11h12.

Como será o segundo dia de greve

Para esta terça-feira estão previstas, além da continuidade e fortalecimento da greve, duas passeatas, ambas às 8 horas: uma, saindo do HC-1, na Cruz Vermelha; e a outra, do HC-2, próximo à Rodoviária. O destino é o Nerj, onde ocorrerá a negociação com o DGH a respeito do corte.

Um comentário:

  1. bom dia a todos e uma vergonha o que o governador faz com os pensionista alem de pagar o nosso salario fatiado não deposita as parcelas, vamos morrer de fome o nosso dinheiro agora e so pra sobreviver nem assim esta dando, esse estado que é um dos mais lindo o cara conseguiu destruir acho que todo estado pegou a doença de pezão esta podre.querem a fundar na lama cade o bater das panela, as panelas só queria tirar o pt e nós meter nessa lama podre vai fazer um ano que pedimos por favor pagar nosso salario (esmola)

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário na certeza de que sua opinião é muito importante. Ressalvamos o nosso direito de deletar conteúdos debochados, rasteiros, com pregação de ódio, ilegalidades, ofensivos ou injuriosos. A responsabilidade pelo que escreve é do autor do comentário, que poderá ser identificado com ordem judicial pelo IP.

ACERVO SOU SERVIDOR

CONEXÃO NOTÍCIAS

CONEXÃO NOTÍCIAS
O SERVIDOR / TRABALHADOR BEM INFORMADO - CLIQUE NA IMAGEM