O BLOG E VOCÊ - AUDIÊNCIA E PARCERIA

O BLOG E VOCÊ - AUDIÊNCIA E PARCERIA

quinta-feira, 7 de abril de 2016

GREVE GERAL NO SERVIÇO PÚBLICO DO RIO DE JANEIRO - 33 CATEGORIAS UNIDAS FAZEM PARALISAÇÃO INÉDITA !

ATÉ POLICIAIS MILITARES ADERIRAM AO MOVIMENTO - A CORPORAÇÃO, ENTRETANTO, POR FORÇA DE LEI NÃO PODE "PARAR".


Os Servidores Públicos do Estado do Rio de Janeiro, representados por 33 CATEGORIAS, declararam após ASSEMBLÉIA na tarde de hoje - 06/04, GREVE GERAL.


Em seguida foram em PASSEATA ao Palácio Guanabara, sede do governo do ESTADO, que fica no bairro de Laranjeiras.

Segundo LIDERANÇAS das diversas categorias, o motivo principal da greve é o atraso dos salários e a possibilidade do parcelamento da remuneração no mês de abril, além de PAUTAS específicas, como JORNADAS EXCESSIVAS DE TRABALHO, PERICULOSIDADE, FALTA DE CONDIÇÕES PARA O EXERCÍCIO DIGNO DAS PROFISSÕES.

O presidente do Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro, Jorge Darze, afirmou que a greve é para denunciar a situação do estado que, de acordo com ele, não se repete em lugar nenhum do país. Especificamente na área de SAÚDE, o médico disse que: "Com a irresponsabilidade do governo, os Hospitais estão desabastecidos, equipes desfalcadas de profissionais de saúde, salários atrasados, e lamentavelmente pessoas estão morrendo". 

A Policia Civil, que já estava em estado de greve, inicia paralisação a partir da meia-noite, mas, por lei, um atendimento mínimo de 30% nas delegacias SERÁ GARANTIDO.

Por Lei, a Polícia Militar não pode fazer greve, mas, segundo o presidente da Associação de Policiais Militares do Estado do Rio de Janeiro (Apmerj), Wagner L. da Fonseca, a categoria vai apoiar o movimento, SEM PARAR, e garantir o direito constitucional dos demais servidores de fazer greve. 

Segundo Wagner, "O policial militar do estado do Rio de Janeiro tem um salário desproporcional à atividade de risco que exerce".

O governo do estado emitiu NOTA, informando que o governador em exercício, Francisco Dornelles, “Reforça a importância do diálogo, diante da grave crise financeira do estado”, e que 
“Todos os esforços estão concentrados na busca de recursos que permitam o pagamento do funcionalismo" disse ainda que "considera legítimo o direito de greve, desde que não ocorram prejuízos aos serviços prestados à população".



O cidadão que se prepare. 



É forçoso reconhecer que são JUSTAS as reivindicações dos SERVIDORES.
06/04/16 20:59
Fuso horário de Brasília

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO !!!! REDOBREM O CUIDADO COM O QUE ESCREVEM E COM OS TERMOS QUE USAM. O BLOG É LUGAR DE TROCAR OPINIÕES E NÃO DE TROCA DE OFENSAS. Deixe seu comentário na certeza de que sua opinião é muito importante. Ressalvamos o nosso direito de deletar conteúdos debochados, rasteiros, com pregação de ódio, ilegalidades, ofensivos ou injuriosos. A responsabilidade pelo que escreve é do autor do comentário, que poderá ser identificado com ordem judicial pelo IP.

ACERVO SOU SERVIDOR

CONEXÃO NOTÍCIAS

CONEXÃO NOTÍCIAS
O SERVIDOR / TRABALHADOR BEM INFORMADO - CLIQUE NA IMAGEM