OBRIGADO POR SUA COMPANHIA

OBRIGADO POR SUA COMPANHIA
JUNTOS, EM DEFESA DO TRABALHADOR / SERVIDOR DO BRASIL

segunda-feira, 20 de julho de 2015

DÉCIMO QUARTO SALÁRIO - A VERGONHA DAS METAS INALCANÇÁVEIS QUE DEIXAM PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS DE 715 ESCOLAS SEM A GRATIFICAÇÃO


Os funcionários lotados nas 1.026 Escolas Municipais da Cidade do Rio de Janeiro esperaram muito pelo anúncio do chamado 14o. SALÁRIO, ou BÔNUS / PRÊMIO DE DESEMPENHO, mas, ao final, os que trabalham em 715 UNIDADES que não alcançaram as METAS ficarão sem receber absolutamente NADA.

A Secretaria municipal de Educação divulgou no final da semana passada o Índice de Desenvolvimento da Educação do Rio, que serve de BASE para o Prêmio Anual de Desempenho. Apenas 311 ESCOLAS bateram as metas, o que significa algo em torno de 30%. 

A IDEIA de dar uma PREMIAÇÃO por desempenho é BOA, mas, a forma como isso é feito pela PREFEITURA do Rio de Janeiro é PÉSSIMA, e vem na verdade piorando de ano para ano. Existem diversos fatores que, INDEPENDEM pura e simplesmente da VONTADE, DEDICAÇÃO, CRIATIVIDADE, DESEMPENHO do SERVIDOR. Quem trabalha nas área mais DIFÍCEIS, como EDUCAÇÃO e SAÚDE, tem sido PUNIDO, enquanto quem atua em gabinetes refrigerados, sem lidar com a pressão direta da população, e sem as condições, por vezes péssimas de trabalho, para exercer suas atividades, tem recebido salários extras INTEGRAIS e até DUPLICADOS.

A PREFEITURA precisa ACORDAR e mudar essa forma de pseudo-premiação e das METAS fora da realidade e profundamente DESIGUAIS. Ao invés de estimular, está causando revolta, ao invés de premiar, está PUNINDO a maioria dos seus servidores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO ! O BLOG É LUGAR DE TROCAR OPINIÕES E NÃO DE TROCA DE OFENSAS. Deixe seu comentário na certeza que sua opinião é muito importante.

NÃO É PERMITIDO FAZER PROPAGANDA DE PRODUTOS, SERVIÇOS, E EMPRÉSTIMOS. VENDA OU COMPRA DE ÓRGÃOS ANUNCIADOS AQUI SERÃO DENUNCIADOS À POLÍCIA FEDERAL.

Ressalvamos o nosso direito de deletar conteúdos debochados, rasteiros, com pregação de ódio, ilegalidades ou ofensivos/injuriosos. A responsabilidade do publicado é do autor do comentário, que poderá ser identificado com ordem judicial pelo IP.

Em alguns momento poderá ocorrer a MODERAÇÃO de comentários.

ACERVO SOU SERVIDOR