O BLOG E VOCÊ - AUDIÊNCIA E PARCERIA

O BLOG E VOCÊ - AUDIÊNCIA E PARCERIA

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

CALENDÁRIO DE PAGAMENTO DO 13o. SALÁRIO EM 2015 - DEZEMBRO - R$ 173 BILHÕES NA MÃO DO TRABALHADOR / SERVIDOR E APOSENTADO

ANSIOSAMENTE ESPERADO


No máximo, respeitada a LEGISLAÇÃO EM VIGOR, dentro de aproximadamente 30 dias, todos os TRABALHADORES, SERVIDORES, APOSENTADOS E PENSIONISTAS, já devem ter RECEBIDO a segunda PARCELA do 13o. SALÁRIO de 2015.

Algumas projeções de pagamento - Calendário

SERVIDORES / APOSENTADOS / PENSIONISTAS - CIVIS E MILITARES DA UNIÃO - O Pagamento da SEGUNDA PARCELA do 13o. salário deve entrar na CONTA nos dias 01 e 02 de DEZEMBRO/2015 - Junto ao pagamento do salário normal de novembro. Virá agora o desconto do IR.

PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO - Ainda não divulgou a DATA do pagamento, mas, é dado como certo por quem acompanha a forma de proceder da PCRJ, que será entre os dias 15 e 18 de dezembro.

O BLOG está promovendo e finalizando um trabalho de levantamento com as PREFEITURAS das capitais e dos ESTADOS, para em breve divulgar um calendário de pagamento do 13o. salário. 
Leia +  SOBRE O TEMA

Pagamento do 13º salário deverá injetar R$ 173 bilhões na economia, diz Dieese
Por: Edição: Carolina Pimentel - Fonte:Agência Brasil

Cerca de 84,4 milhões de trabalhadores irão receber o décimo terceiro salário em 2015Marcello Casal/Agencia Brasil 

O pagamento do décimo terceiro salário deve injetar na economia brasileira cerca de R$ 173 bilhões até dezembro de 2015, segundo estimativa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O valor representa 2,9% do Produto Interno Bruto (PIB). De acordo com o Dieese, aproximadamente 84,4 milhões de brasileiros devem receber o décimo terceiro salário este ano, o que irá significar renda extra de R$ 1.924.

O Dieese explica que o impacto é uma "projeção do volume total de 13º salário que entra na economia ao longo do ano, e não necessariamente nos dois últimos meses de 2015", apesar de a maior parte do valor ser pago no final do ano.

No cálculo, o Dieese considera os trabalhadores do mercado formal. Não leva em conta os autônomos, assalariados sem carteira assinada ou trabalhadores com outros contratos que recebem algum tipo de abono no fim do ano.

Dos trabalhadores que irão receber o benefício, cerca de 33,6 milhões são aposentados ou pensionistas do INSS, que somam R$ 51,5 bilhões (29,7% do montante total a ser pago). "Considerando-se apenas os beneficiários do INSS, o quantitativo chega a 32,6 milhões de pessoas e um valor de R$ 32,7 bilhões. Outros R$ 121,7 bilhões, ou 70,3% do total, irão para os empregados formalizados; incluindo os empregados domésticos. Aos aposentados e pensionistas da União, caberá o equivalente a R$ 8 bilhões (4,6%), aos aposentados e pensionistas dos Estados, R$ 8,6 bilhões (5,0%) e R$ 2,1 bilhões aos aposentados e pensionistas dos regimes próprios dos municípios", informa o Dieese.

Editor Carolina Pimentel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO !!!! REDOBREM O CUIDADO COM O QUE ESCREVEM E COM OS TERMOS QUE USAM. O BLOG É LUGAR DE TROCAR OPINIÕES E NÃO DE TROCA DE OFENSAS. Deixe seu comentário na certeza de que sua opinião é muito importante. Ressalvamos o nosso direito de deletar conteúdos debochados, rasteiros, com pregação de ódio, ilegalidades, ofensivos ou injuriosos. A responsabilidade pelo que escreve é do autor do comentário, que poderá ser identificado com ordem judicial pelo IP.

ACERVO SOU SERVIDOR

CONEXÃO NOTÍCIAS

CONEXÃO NOTÍCIAS
O SERVIDOR / TRABALHADOR BEM INFORMADO - CLIQUE NA IMAGEM