domingo, 27 de novembro de 2016

SALÁRIOS DA POLÍCIA MILITAR DO RIO DE JANEIRO - TABELA / A ATIVIDADE POLICIAL


Quem quiser consultar a TABELA SALARIAL dos profissionais / servidores da segurança pública - Polícia Militar, é só acessar o link:

clique para ampliar

Fica fácil constatar que, somente depois de muitos anos de Polícia, e assim mesmo só para as Patentes mais altas, o salário pode ser considerado bom. Se for levado em conta a periculosidade e insalubridade da atividade - Risco de morrer em serviço ou em consequência de ser identificado como policial - Condições péssimas de trabalho - ESTRESSE, com desgaste emocional e físico altíssimo - ai, o salário cai para a qualificação de VERGONHOSO.

Não é por acaso que, tantos Policiais morrem, nem por acaso que a eficiência do trabalho da polícia pode ser considerada baixa. Da mesma forma que, está intimamente ligado ao pouco treinamento, e a visão equivocada de que a polícia deve ser violenta para bem prevenir e reprimir o crime, os muitos casos de abuso e erros vistos nas operações policiais.

Há um imenso trabalho a ser feito nessa área. Turno excessivo de trabalho, com necessidade de completar com "BICOS" o orçamento familiar, colocam pelo consequente e inevitável cansaço, o policial mais vulnerável. O BLOGUEIRO entrou num estabelecimento comercial, onde o "segurança" policial militar fazendo bico, cochilava.

Bons salários; condições de trabalho dignas; Seguro de Vida garantidor de fato de condições de sustento para si ou família em caso de invalidez ou morte; treinamento para que a polícia seja TÉCNICA / FIRME / PRESENTE / EFICIENTE; reduzindo a letalidade em todos os sentidos, e um CÓDIGO DISCIPLINAR atualizado, sem os resquício do militarismo que pune um policial por estar com a barba mal feita, e coloca na rua outro que participou de fuzilamento de carro com inocentes mortos, são NECESSIDADES URGENTES.

Há de se investir em tecnologia, em armamento adequado para ser empregado em área urbana com densidade populacional, em coletes, capacetes e blindagem de viaturas.

Aproximar o policial da população, e trabalhar para que respeito mútuo desaguem em confiança no profissional e valorização do profissional, é coisa para ontem.

O BLOG vai publicar matéria s sobre outras carreiras do ESTADO, e pede aos leitores que nos indiquem LINKS, fontes ou até depoimentos pessoais e sugestões.

Agradecemos ao leitor anônimo que nos indicou o link da presente Tabela.

50 comentários:

  1. Servo... Bom dia. Acabei de ver aqui que o governo do rio não tem como pagar o 13°

    Isso procede?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, quero ver a segurança ficar sem décimo terceiro em dezembro. Vamos parar tudo. Vamos colocar pra fora do nosso país esses imundos. Junte-Se a nós no dia 4.

      Excluir
    2. BOM DIA.

      Ainda que essa não seja uma notícia BOA de se ler logo cedo.

      Nós aqui no Blog temos reiteradamente informado sobre isso. Dos recursos normais do Estado, não há como sair dinheiro para o 13o. salário, e até o pagamento de novembro, que é pago em dezembro, sofrerá um atraso tão grande ou pior do que agora em novembro, quando chegamos amanhã ao 18o. dia útil, sem que todos os servidores já tenham recebido.

      Então, para quem nos acompanha, essa notícia do EXTRA não é novidade e nem causa surpresa.

      O governo federal tem que sair de seu PEDESTAL e ARROGÂNCIA, tem que deixar de ser "BURRO" e entender que, deixando na miséria 460 MIL SERVIDORES e seus familiares, ele AFUNDA O NATAL E O ANO NOVO DO COMÉRCIO e do RAMO DE SERVIÇOS do Rio de Janeiro. Serão 2.000.000 DOIS MILHÕES DE CONSUMIDORES - SERVIDORES e seus DEPENDENTES, fora do MERCADO, sem comprar PANETONE, PRESENTE, CORTAR O CABELO, FAZER A UNHA, sem pegar TAXI para visitar a SOGRA, e sem CHAMPAGNE ou SIDRA para estourar na virada do ANO.

      Isso é BURRICE. Deixar o Rio afundar nessa crise é BURRICE DO GOVERNO FEDERAL. Vão CONTAMINAR o resto do PAÍS e vão contaminar ainda mais essa recessão que aí está.

      Eu acabo de voltar do MERCADO - Blogueiro também faz compras - e está VAZIO. No posto de gasolina nenhum CARRO. Ontem vi num LAVA-JATO, 6 dos 8 funcionários parados esperando clientes, quando ali, tinha fila de espera.

      Então, BRASÍLIA tem que ACORDAR !!! Derrubaram o antigo governo para que ? PARA MAIS ESCÂNDALOS DE CORRUPÇÃO ? PARA TENTAR BARRAR AS INVESTIGAÇÕES ? PARA ANISTIAR CRIME ? E PARA FERRAR O TRABALHADOR E O SERVIDOR ?

      Liberem CRÉDITO para o 13o. salário. Antecipem receita. Prorroguem o vencimento das dívidas dos Estados, liberem o direito da repatriação sem exigir CONCORDÂNCIA COM AS MALDADES, Façam sessão extra no SENADO e CÂMARA para votar assuntos de interesse do POVO, e não para votar assuntos do interesse de políticos.

      Solução há ! É SÓ QUERER resolver. Agora, sozinho, o governo do ESTADO não vai pagar 13o. salário e não vai conseguir nem mesmo antes do NATAL pagar aos servidores todos. E tá arriscado a máquina pública parar.

      Desculpe o desabafo, mas, é que BLOGUEIRO também se irrita, se indigna e se dói, com essas barbaridades.

      Excluir
    3. Servo querido, obrigada pelo apoio que tem dado a todos nós. Mas eu acho que faz parte de um plano macabro do governo federal deixar as coisas até piores do que já estão, para privatizar tudo que o nosso país ainda possui e usar a crise como desculpa. Vi uma reportagem onde Temer dizia que temos muitas coisas para privatizar, inclusive terras e até o Aquífero Guarani.Estamos em uma cleptocracia, não há possibilidade de melhora para a população com o sistema político que aí está.

      Excluir
    4. O BRASIL precisa de uma ampla reforma no campo político. Precisa de um governo ELEITO, com compromissos FIRMADOS e cumpridos. E de uma JUSTIÇA mais ÁGIL.

      Principalmente de que os cidadãos, ainda que de forma LEGAL e NÃO VIOLENTA, mas FIRME e CORAJOSA se OPONHAM a esse monte de BARBARIDADES que desejam fazer.

      Um abraço

      Excluir
  2. Bom dia a todos. Sei que a matéria trata dos salários da Segurança Pública, mas o Extra On Line publicou que o 13º salário dos servidores não será pago mesmo em 2016 e que o de novembro será pago à Segurança Pública no 10º dia útil e os demais servidores só receberão perto do natal. E o descaso do governo conosco é tão grande, a vilania, o desrespeito é monstruoso, que ninguém vem a público nos dar uma satisfação sobre isso. Receber o salário é um DIREITO, é obrigação pagar para quem trabalhou. Estou muito cansada, é muita maldade!

    ResponderExcluir
  3. Maldade é existe e não é pouca...agora tem que ficar a lição e é essa não podemos esquecer 2018...que será dado o troco e não confie qdo ficar em bonzinhos em 2017😡😡😡😡😡

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigada Servo, será muito útil para as pensionistas da área se basiarem no pedido de revisão de suas pensões, quererão saber se tem direito à paridade (direito ao mesmo salário do pessoal da ativa) com certeza! Bom dia "se possivel" a todos! Cris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, pensionistas tem o mesmo direito de receber o mesmo valor se o servidor tivesse vivo, estaria percebendo. Eu só consegui esse direito, entrando na justiça, entrei em 2007, e só tive meu salário atualizado em 2011, foi uma luta, e os atrasados,ainda não recebi, porque estão para ser pagos em precatórios. Está na lista de 2016, para pagar, mas, com essa crise, só um milagre. Sou pensionista da fazenda.

      Excluir
    2. A paridade, em regra, depende da data do óbito do servidor! Infelizmente!

      Excluir
  5. PESSOAL VMS REVER QUEM EMPRÉTUMOS COM DESCONTO EM FOLHA...FUI AVERIGUAR E O ESTADO NÃO REPASSOU O MÊS DE JULHO PARA ALGUNS EMPRÉSTIMOS....

    ResponderExcluir
  6. INGÊNUO QUEM PENSA QUE O GOVERNO NÃO TEM VERBA PARA PAGAR SERVIDORES ATIVOS E INATIVOS E PENSIONISTAS!!!!O RIO NÃO ESTÁ EM CRISE Á TOA...ELES ROUBARAM O DINHEIRO QUE NÃO ERA DELES,E AGORA QUEREM NOS "VENDER",POR ALGUNS BILHÕES DE "ESMOLAS",DO OUTRO LADRÃO DO MICHEL TEMER,AFIM DE JUSTIFICAR O MALDIDO PACOTE DE MALDADES DO GOVERNO DO RIO DE JANEIRO E AS MEDIDAS DESGRAÇADAS DO MICHEL TEMER,QUE SÓ AFUNDARÃO MAIS AINDA A POPULAÇÃO,E VÃO "AJUDAR",SIM,PARA QUE ESSES CORRUPTOS CONTINUEM ENCHENDO OS BOLSOS...IMPOSSÍVEL O ESTADO DO RIO DE JANEIRO NÃO TER DINHEIRO...ONDE ESTÃO AS 4(4!!!!!)PARCELAS DE 5,5BILHÕES(BILHÕES!!!!)?ISSO É O QUE SABEMOS,POIS A MÍDIA "DIVULGOU",COM CERTEZA ABSOLUTA HÁ MAIS!!!E COM CERTEZA ESSE DINHEIRO AINDA EXISTE!(PARA JOGAREM MALAS DE DINHEIRO NUMA LAGOA,AO INVÉS DE DEVOLVEREM),ENQUANTO OS SERVIDORES,PENSIONISTAS E A POPULAÇÃO DO RIO,ESTÁ MORRENDO DE FOME,COVALESCENDO...REFLITAM,O DINHEIRO EXISTEM SIM!!!ELES ESTÃO "SEGURANDO",UM DINHEIRO QUE NÃO É DELES!!!O OUTRO PREFERIU JOGAR NA LAGOA,DILUIR ENTRE "LARANJAS" E "PARENTES",E FICAR COM R$400,00,AO INVÉS DE DEVOLVER!!!E É IMPOSSÍVEL ALGUÊM GASTAR 4 PARCELAS DE 5,5BILHÕES DE MANEIRA VORAZ,IMPOSSÍVEL...E O DINHEIRO APREENDIDO VAI PARA QUEM?!ISSO MESMO!!!!A MESMA UNIÃO QUE DIZ QUE VAI "SOCORRER"(DIGA-SE ALIMENTAR-NOS,PARA DEPOIS NOS ABATERMOS),SOCORRER COM O DINHEIRO QUE APREENDERAM EM OPERAÇÕES DE CORRUPÇÃO NOS PRÓPRIOS COFRES DO EX-GOVERNADOR DO RIO SÉRGIO CABRAL(OU SEJA,COM O DINHEIRO DO PRÓPRIO ESTADO DO RIO DE JANEIRO,QUE A UNIÃO A ESSA HORA JÁ "PASSOU A MÃO",E VAI "AJUDAR",COM UMAS "MIGALHAS",O RIO DE JANEIRO,EM TROCA DO SACRIFÍCIO DA POPULAÇÃO...),SE ILUDAM NÃO,NESSA "ENCENAÇÃO,JÁ SABEMOS SEMPRE O FINAL,ESTÁ NA HORA DE AINDA QUE APÁTICOSUNIRMOS FORÇAS,SE ILUDAM NÃO.TEM DINHEIRO SIM.

    ResponderExcluir
  7. Verdade verdadeira,dinheiro tem.E nós o povo tem como faser aparecer mais não querem.

    ResponderExcluir
  8. Pelo amor de Deus, tô cansada disso. Um ano de sofrimento, e descaso com os servidores. Meu marido nunca pensou que fosse passar por isso. Eles são covardes, vão pagar a polícia em dia, pra não ter problema pra eles. Covardes!!!! A segurança também é covarde. Agride aqueles servidores que vão estar lá para defender um direito que é deles também!!!! Mas como o dinheiro deles vai estar no bolso no décimo dia util, vão virar a cara para o resto. Como eles podem fazer isso com o povo? Salário, décimo terceiro, é lei!!!! Mas eles estão acima da lei. Pezão maldito ladrão, morra!!!!!!!!! Vamos agir minha gente, o povo unido é mais forte!!! Como será o natal de todos esses servidores? Sem presentes, sem comida, sem festa... Estou muito revoltada. Mas lembrem-se: aqui se faz, aqui se paga. Pode não ser hoje ou amanhã, mas eles vão pagar por toda essa maldade. E lembrem-se muito bem disso: não votem!!!!! Não importa quem entrar, vai roubar do mesmo jeito! São todos iguais, corruptos. Nao tem salvação! Não votem!!!! Fiquem em casa e deixem esses lixos sem votos

    ResponderExcluir
  9. Ok! Eu só escuto todo mundo dizer que não vão pagar o 13, mas pode isso?? Tendo ou não eles não são obrigados a pagar? Nem que seja parcelado?
    Ou é assim? Ah a gente faliu o estado e agora vcs ficam sem salário e sem 13 e não tem nem como reclamar? É isso Servo? Eles passam uma borracha no assunto e fica por isso mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim... anônimo (a) eu também queria entender....

      Excluir
    2. Bom dia

      Pagar eles vão pagar. Como e quando é que é a questão.

      Veja só meu prezado (a) leitor (a).

      Há muitos anos atrás, o Estado ficou me devendo um valor considerável por serviços prestados. Nós tínhamos tudo certo, tudo correto, atividade legal, documentada, Notas expedidas, Impostos pagos, da nossa parte tudo em dia.

      Fechamos a empresa, pagamos a todos os nossos funcionários, vendemos até o último equipamento e mesa, e saímos sem dever nada a ninguém, mas...até hoje não recebemos o que tínhamos direito de receber.

      E aí ? QUEM OBRIGA A PAGAR ? AJUSTIÇA ? Conheço gente que morreu de desgosto por isso.

      Eu felizmente, superei e me reergui, abri mão de tudo, não quero mais saber. Ando de cabeça erguida e quando encontro meus ex-funcionários tenho deles a amizade e reconhecimento. Dos fornecedores idem.

      Se chegar o dia do décimo terceiro e não houver pagamento, o máxiMo que pode acontecer é mais um ARRESTO.

      Mas isso vai se avolumando, é atraso em cima de atraso, sem dinheiro para repassar para os outros poderes...

      Já disse e repito. Solução no curto prazo só há com entrada de dinheiro NOVO VINDO DE AJUDA FEDERAL.

      Excluir
  10. Bom dia!

    Como o Servo falou: essa crise do Rio vai se espalhar pelo Brasil se o governo federal não agir a tempo. Vou enviar em partes por causa do numero de caracteres aceitos em cada postagem. Segue matéria publicado no Uol sobre a crise em outros estados da federação:

    No Rio, o governo havia quitado, até o último dia 18, apenas o pagamento de outubro de 85% dos servidores
    A crise financeira que afeta os Estados levou os governos a adotar medidas que afetaram o pagamento de servidores em pelo menos nove unidades da federação. Entre as medidas estão as demissões de funcionários; atraso, escalonamento ou parcelamento nos salários; redução de vencimentos do primeiro escalão e a falta de reposição anual da inflação.

    Nos casos mais graves até agora, os governos de Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul tomaram medidas drásticas e decretaram estado de calamidade pública, após cortes de gastos e atrasos em salários. Ambos alegam que estão falidos e pedem socorro federal.

    No Rio, o governo havia quitado, até a sexta-feira (18), apenas o pagamento de outubro de 85% dos servidores. O salário está sendo pago em sete parcelas. Até o dia 5 de dezembro, o Estado promete fazer outros quatro depósitos quitando os débitos, desde que não haja bloqueio das contas.


    No Rio Grande do Sul, além de problemas em pagar salários, o governo diz que não há perspectiva de depositar o 13º do funcionalismo.

    O governo também anunciou um pacote de medidas que preveem a privatizações, extinção de órgãos e demissão de servidores.

    Os Estados da Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Espírito Santo, Tocantins, Paraná, Pará, Alagoas, Amazonas, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Piauí, Rondônia, Acre, São Paulo e Pernambuco, além do Distrito Federal, mantiveram o calendário de pagamento, embora alguns deles enfrentem alguma dificuldade ou tenham implementado medidas de controle de gastos.

    ResponderExcluir
  11. Salários divididos ou escalonados
    A crise levou o governo de Minas Gerais a mudar a tabela de pagamento. O novo calendário --anunciado em outubro-- criou o parcelamento dos salários de quem ganha mais de R$ 3 mil em três vezes. Em dezembro, por exemplo, os pagamentos serão feitos entre os dias 12 e 23. Já os servidores que ganham até R$ 3 mil vão receber o salário no oitavo dia útil em dezembro (dia 12). O pagamento do 13º e calendário para 2017 ainda serão definidos.

    Segundo o governo, a folha custa R$ 3 bilhões ao mês, e por conta da crise, não foi possível conceder reajustes -- a data-base dos servidores era 1º de outubro. "Estamos tentando de todas as maneiras superar essa fase mais difícil das finanças do Estado, afetando o mínimo possível a vida dos servidores. Essa escala é a forma que encontramos para penalizar menos quem ganha menos", afirmou o secretário de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães.

    No Rio Grande do Norte, o governo também está pagando os salários de forma fracionada, com intervalos também extensos. Os servidores da educação e dos órgãos que possuem receita própria são os únicos que recebem dentro do mês trabalhado. Até o dia 11 do mês subsequente, são pagos os demais que recebem até R$ 4 mil. Já os servidores das faixas maiores estão recebendo em datas não fixas, sempre no fim de cada mês. "A mudança na tabela de pagamento ocorre em virtude dos efeitos da crise econômica que continua atingindo fortemente as finanças do Rio Grande do Norte. A frustração acumulada de receitas até 30 de setembro chegou a R$ 367 milhões se comparada ao previsto no orçamento para 2016", afirma o governo.

    No Amapá, os servidores recebem o salário em duas parcelas desde março. Em novembro, por exemplo, 40% dos vencimentos finais dos servidores foram pagos no dia 10. O Tribunal de Justiça julgou no mesmo dia uma ação do MP (Ministério Público Estadual) e decretou ilegal a divisão dos salários e determinou pagamento integral. O governo justificou a divisão dos salários por conta das perdas de quase R$ 600 milhões em 2016 e disse que iria procurar reverter a decisão. "Os repasses do FPE [Fundo de Participação dos Estados] têm sido insuficientes para cobrir o valor da folha de pagamento estadual e honrar as dívidas", informou.

    Em Roraima também há salários pagos de forma escalonada entre os servidores e, em nos casos dos maiores vencimentos, o valor ainda é repartido. A divisão dos valores atingiu os que ganham entre R$ 1.251,00 e R$ 5.999,00 --que no mês passado receberam os salários nos dias 11 e 30. Os que ganham até R$ 1.250 receberam em uma só parcela. Já os servidores que recebem a partir de R$ 6.000 receberam apenas em novembro os salários referentes a setembro.

    "O Estado sofreu perda de mais de R$ 107 milhões de FPE. Esse déficit aumenta com o repasse do duodécimo aos Poderes, cujo valor de R$ 52 milhões, é fixo e não sofre a variação de queda do FPE. Com isso, o caixa do Tesouro tem frustração acima de R$ 150 milhões, o que compromete o andamento da máquina, com pagamentos de despesas e investimentos, afetando, agora, a folha de pagamento dos servidores", informou o Estado.

    Em Sergipe, os salários --que eram pagos dentro do mês trabalhado-- começaram a ter pagamento mais tardio. Este mês, por exemplo, os vencimentos dos servidores foram depositados de forma escalonada entre categorias, com conclusão no dia 11.

    Em Goiás, o governo também está pagando os servidores em duas etapas: até o último dia do mês trabalhado recebem os que ganham até R$ 3,5 mil. Até o décimo dia do mês seguinte, são pagos os servidores que recebem acima desse valor.

    No Mato Grosso, o governo adotou pagamento de forma escalonada desde abril. Em outubro, apenas os funcionários com remuneração líquida de até R$ 3 mil receberam no último dia do mês. Os demais, receberam no último dia 10. O percentual de servidores que demoraram a receber o salário aumentou, já que para folha de setembro o escalonamento atingiu apenas o que recebiam mais de até R$ 6 mil.

    ResponderExcluir
  12. Problemas, mas sem mudar calendário
    Em Alagoas, o pagamento de servidores não mudou na atual gestão, mas os salários são pagos em duas faixas: a primeira, que inclui os menores vencimentos, no último dia útil do mês; enquanto os salários acima de R$ 2.500 são pagos no dia 11. O Estado também não concedeu o reajuste anual, previsto por lei para maio, a nenhuma categoria.

    No Acre também não houve atraso. Mas, em julho, o governador Tião Viana (PT) reduziu o seu salário e o dos secretários em 20%. No ano passado, o número de cargos comissionados foi cortado em 30%. Segundo Viana, o Estado perdeu mais de R$ 300 milhões em receita este ano em repasses do governo federal.

    Em Rondônia, os servidores receberam o salário de outubro no dia 27, porém, em 2016, não houve reajuste. "No cenário econômico atual não vislumbra crescimento na receita e, portanto, inviabiliza qualquer medida que aumente os gastos públicos", informou, em junho.

    No Tocantins, o governo anunciou, no último dia 10, a demissão de aproximadamente 2.000 servidores, entre comissionados e contratados --o que deve dar uma economia de R$ 136,6 milhões nos próximos dois anos. No mesmo dia, um outro decreto, reduziu a jornada dos servidores de oito para seis horas até o dia 30 de abril de 2017.

    http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2016/11/27/queda-de-receita-ja-atinge-pagamento-do-funcionalismo-em-nove-estados.htm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sra. Mônica

      AO OBSERVAR O QUE ACONTECE COM VÁRIOS ESTADOS BRASILEIROS, é possível concluir:

      O RIO DE JANEIRO é o MAIS INJUSTO na forma de realizar os PAGAMENTOS. Aqui se paga aos que ganham MAIS PRIMEIRO: PGE, AUDITORES, PROCURADOS, FISCAIS, SEFAZ, SEPLAG, depois os ATIVOS E APOSENTADOS DA SEGURANÇA - PAGAMENTO INTEGRAL, e só aí, do que sobra, pagam o "resto" do funcionalismo.

      O RIO é o ESTADO em pior situação financeira de todos, ainda que tenha sido ao longo dos últimos 10 ANOS recebido o maior VOLUME de recursos repassados pelo governo Federal.

      INCOMPETÊNCIA, DESPREZO PELA POPULAÇÃO, CORRUPÇÃO E INSENSIBILIDADE.

      Excluir
    2. É Servo, o sentimento que tenho é de revolta e ao mesmo tempo penso em todos os servidores, pois a minha situação é muito complicada. Estava contando com o décimo terceiro para tentar diminuir minhas dívidas e evitar pagar juros, mas pelo andar da carruagem, esse conde drácula do Temer não está disposto a ver a situação do povo e sim a dele.

      Excluir
    3. Senhora MÔNICA

      O governo TEMER sofreu e vai sofrer alguns BAQUES fortes. Isso o fará ter que ser mais flexível para não perder o apoio que ainda tem. JÁ MUDOU O DISCURSO QUANTO A ANISTIA AO CAIXA DOIS, agora ele TEMER, RODRIGO MAIA E RENAN se dizem contra. Vai ter que fazer uma MANOBRA para salvar o Rio de Janeiro. Se o Rio quebrar e CONVULSIONAR, o Brasil pega fogo. Então, eles, não por serem bonzinhos, mas sim por instinto de SOBREVIVÊNCIA, vão fazer algo.

      Excluir
    4. Servo,

      Que Deus ouça as suas palavras.

      Fique com Deus!

      Excluir
  13. Identifiquei que somente o Rio é que paga os que ganham menos com mais atraso e parcelado. Os demais estados priorizam pagar integralmente os que ganham menos.

    ResponderExcluir
  14. É...ñ tem jeito...

    Governo do Rio não tem como pagar 13º salário dos servidores. União é a ‘salvação’

    http://extra.globo.com/emprego/servidor-publico/governo-do-rio-nao-tem-como-pagar-13-salario-dos-servidores-uniao-a-salvacao-20545245.html

    ResponderExcluir
  15. Meus amigos ( desculpe a intimidade) mas como estamos nessa luta juntos estou me dirigindo a vocês assim.
    Sou da segurança ( Bombeiro Militar) nós podemos fazer a escala por aqui mesmo, primeiro ver quem pode ir e depois faremos está escala. Para que uma escala, seria de aproximadamente 12 pessoas por meio dia com faixas para irmos e ficarmos no aeroporto internacional dizendo algo do tipo que vai ter revellion em Copacabana e milhões de funcionários deste estado sem pagamento para fazer sua comemoração, algo do tipo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois eu já fui de casa ao meu quartel a pé pois não tinha dinheiro e fui muito visto por muita gente.
      Um grande abraço a todos
      Obs: estou dentro e JUNTOS SOMOS FORTES

      Excluir
    2. Sr. Carlos, bom dia.

      O PROTESTO VINDO dos servidores da área de segurança sempre tem maior repercussão, pois, especificamente para TURISTAS, isso é o que tem mais PESO na questão de avaliar se vem ou não vem para o Rio de Janeiro

      Se a educação para, se a saúde pública para, o turista é pouco afetado, mas, se a segurança para...

      Então, vocês tem grande PESO nisso aí, mas, é preciso fazer tudo dentro da Lei, é preciso se resguardar para não ser punido, pois, com punição a situação de vocês que já é ruim, ficará pior.

      Agora, é preciso sim mobilização. UM ANO NESSE SUFOCO, só SE AGRAVANDO, e ELES FINGINDO QUE TÁ TUDO BEM !!!!

      Excluir
    3. As separando umas doze pessoas com um faixa (com algumas palavras de manifestação) como foi feito pela polícia civil, isso eu estou dentro, nas minhas folgas, pois sou militar e minha mãe pensionista de PM, imagine minha cabeça

      Excluir
  16. Servo bom dia!! Me tira uma dúvida, todas pensionistas tem direito a receber como vivo fosse?? Me informaram q só as pensões até 2003!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sou o Servo mas infelizmente existe uma nova regra! Eles acabaram com a paridade! Não sei se para militares também mas para os civis sim! A lei que rege as pensões por morte é a que estava válida na data do óbito do titular! A Lei 5260 de 2008 foi alterada algumas vezes para se adequar à Emenda Constitucional 41 de 2003! Mas pelo pouco que eu entendo as alteracaoes não podem retroagir!
      Enfim, nem sempre as informações dos órgãos administrativos estão de acordo com o entendimento do poder judiciário que pode entender que embora a lei diga que a partir de 2003 não tem mais paridade, a lei é de 2008 e somente após 2008 não terá a paridade!
      Enfim, discussão complexa mas o que eu posso afirmar é que não há paridade para todos, dependerá da data do óbito do titular!
      Rosa

      Excluir
    2. Dei uma olhada nas decisões do TJRJ e ele está aplicando a data de 2003, a paridade não se aplica mais as pensões de servidores que tenham falecido depois de 2003, após a emenda constitucional 41.

      Excluir
  17. Mesmo distante do Rio para ajudar nas manifestaçoes, se pensarem em algo que possa fazer,estou junto com vocês. Mas com certeza vou estar nas ruas dia 04/12.

    ResponderExcluir
  18. Como que fazemos para enviar solicitação ao governo pedindo algumas anistias em contas que pagamos ao Estado. Exemplo: IPVA ser anistiado para servidores públicos. Sei que não resolve, mas tbm já é um começo.

    ResponderExcluir
  19. Vc pode criar uma petição no site da Avaaz e as pessoas interessadas assinam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só assine algo, ou da avazz ou qualquer outra, após ter certeza que fará bem a sua categoria, ou ao seu estado ou ao brasil! Exemplo: muitos malandros querem ligar sua trapaça a algo do bem, tipo greem peace, médicos sem fronteiras, sempre certifique-se que o site é original etc...

      Excluir
  20. Eu dei tbém a idéia de irmos ao aeroporto mas não se animaram.
    Do amigo está muito boa.

    ResponderExcluir
  21. Amigos e servo tô meia perdida!!! O arresto foi parado? E o restante do pgt? Na verdade já estamos indo pra novembro! !! Me ajudem a entender?
    Abraço a todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BOM DIA

      O ARRESTO continua hoje, e tomara que COM FORÇA TOTAL. Entramos hoje no 18o. dia útil do mês de novembro sem que o pagamento de Outubro esteja completo.

      Excluir
  22. Não. Continua amanhã.

    ResponderExcluir
  23. Mês q vem os pensionistas universitário receberão normalmente?

    ResponderExcluir
  24. Pergunta difícil,José. Espero em Deus que todos recebam.

    ResponderExcluir
  25. Servo boa noite ainda falta acrescentar os trienios nesss tabela correto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que os triênios está como GTS (gratificação tempo de servico) calculada no percentual maximo! Assim como o IHP!

      Excluir
  26. Desmilitarizar a polícia e a unificação acabara com esse problema salarial. Uma polícia unificada sem uma base militar será muito mais pro ativa.

    ResponderExcluir
  27. Então,sabem quando os pensionista do PMERJ ativo vão receber??

    ResponderExcluir
  28. Servidores do TCM reivindicam auxílio-moradia e cargo vitalício

    Eles também querem duas férias por ano. Medidas beneficiariam oito procuradores e três auditores



    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/servidores-do-tcm-reivindicam-auxilio-moradia-cargo-vitalicio-20576191#ixzz4RgZKsWkr
    © 1996 - 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário na certeza de que sua opinião é muito importante. Ressalvamos o nosso direito de deletar conteúdos debochados, rasteiros, com pregação de ódio, ilegalidades, ofensivos ou injuriosos. A responsabilidade pelo que escreve é do autor do comentário, que poderá ser identificado com ordem judicial pelo IP.

ACERVO SOU SERVIDOR

CONEXÃO NOTÍCIAS

CONEXÃO NOTÍCIAS
O SERVIDOR / TRABALHADOR BEM INFORMADO - CLIQUE NA IMAGEM