O BLOG E VOCÊ - AUDIÊNCIA E PARCERIA

O BLOG E VOCÊ - AUDIÊNCIA E PARCERIA

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

PERITOS DO INSS ENCERRAM PARCIALMENTE SUA GREVE - ALÍVIO PARA GRANDE PARTE DOS SEGURADOS

EM ESTADO DE GREVE


Na próxima SEGUNDA-FEIRA - 25/01/2016 - os MÉDICOS PERITOS do INSS voltam ao trabalho, encerrando uma GREVE GERAL que durou mais de 4 meses. O RETORNO PORÉM, é condicional e parcial.

Numa estratégia para forçar o governo a negociar, os PERITOS vão fazer somente o atendimento dos SEGURADOS que precisam passar pela PRIMEIRA PERÍCIA para receber o benefício e a licença.

Quem já está de licença, ou quem quer fazer PERÍCIA para voltar a trabalhar, NÃO SERÁ ATENDIDO. 

A JUSTIÇA determinou a renovação automática de todas as LICENÇAS e DEVIDOS PAGAMENTOS até a GREVE se encerrar.

Assim, o INSS / GOVERNO, vai ter que ARCAR com mais pagamentos de NOVOS BENEFÍCIOS e por outro lado não terá a redução das despesas com as ALTAS.

A Associação dos Médicos Peritos divulgou uma dura nota atacando a postura do governo.

Ao priorizar um combate desleal com os Peritos em detrimento de uma rápida resolução do caso, o governo preferiu apostar na vitória sobre a categoria pelo cansaço, sem se preocupar com o caos gerado na vida da população que não consegue atendimento. Ao invés do diálogo o governo cortou integralmente os salários dos servidores e iniciou uma série de ataques e ameaças aos Peritos Médicos em todo o Brasil.

Após quase 140 dias de paralisação e sem nenhuma perspectiva de abertura de negociações, nós, Peritos Médicos do INSS, chocados com o descaso do governo e com caos instalado pela gestão, nos sentimos sensibilizados pelo drama da população não-atendida e, por termos ciência que o governo não está se importando com isso e, se necessário fosse, continuaria a deixar os segurados da previdência social na penúria, decidimos em Assembléia Geral Extraordinária realizada no dia 16/01/15 mudar nossa forma de protesto.

Os Peritos Médicos do INSS irão retornar aos postos de trabalho, EM ESTADO DE GREVE, para manter apenas o atendimento essencial, ou seja, aqueles que ainda não se submeteram à perícia médica inicial. Os segurados que já se encontram amparados pelo benefício previdenciário tem seus direitos mantidos e deverão continuar recebendo. Novas paralisações no futuro não estão descartadas.

Esperamos que com essa atitude de distensionamento, o governo saia da trincheira em que se colocou e volte a negociar com a categoria, pelo bem do serviço público e da sociedade brasileira.

logo_nome_80_galeria_not

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO !!!! REDOBREM O CUIDADO COM O QUE ESCREVEM E COM OS TERMOS QUE USAM. O BLOG É LUGAR DE TROCAR OPINIÕES E NÃO DE TROCA DE OFENSAS. Deixe seu comentário na certeza de que sua opinião é muito importante. Ressalvamos o nosso direito de deletar conteúdos debochados, rasteiros, com pregação de ódio, ilegalidades, ofensivos ou injuriosos. A responsabilidade pelo que escreve é do autor do comentário, que poderá ser identificado com ordem judicial pelo IP.

ACERVO SOU SERVIDOR

CONEXÃO NOTÍCIAS

CONEXÃO NOTÍCIAS
O SERVIDOR / TRABALHADOR BEM INFORMADO - CLIQUE NA IMAGEM