LEIA + CONEXÃO SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL - SEM PERU NO NATAL !

LEIA + CONEXÃO SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL - SEM PERU NO NATAL !
O SEU BLOG PARA FICAR BEM INFORMADO SOBRE ASSUNTOS DAS PREFEITURAS

sexta-feira, 31 de julho de 2015

SERVIDOR PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL NÃO RECEBE SALÁRIO INTEGRAL DE JULHO


O governo do Rio Grande do Sul, alegando absoluta falta de recursos, efetuou nesta sexta-feira dia 31 de julho, o pagamento do salário de julho de 163.784 servidores do Executivo, incluindo funcionários da ativa, aposentados e pensionistas de forma PARCIAL. 

De forma integral o governo conseguiu pagar apenas 
183.216 dos seus servidores, que recebem 
salários líquidos até o valor de R$ 2.150,00. 

A SECRETARIA DE FAZENDA emitiu NOTA dizendo que até o próximo dia 13/08, uma NOVA PARCELA de até R$ 1.000,00 será creditada na conta de cada servidor, e que todo o funcionalismo do Rio Grande do Sul estará com o salário integralmente pago até o dia 25 de agosto.

O fato gerou descontentamento e apreensão junto ao funcionalismo, que teme a repetição do atraso referente ao PAGAMENTO de Agosto, e que isso se torne uma prática.

Como forma de protesto, as Associações de Policiais Militares e do Corpo de Bombeiros, divulgaram a informação de que as tropas da Brigada Militar ficarão “aquarteladas” na próxima segunda-feira, dia 03/08. O fato é preocupante, visto que, com o provável protesto, apenas ocorrências de urgência serão atendidas. Outras categorias já se mobilizam para um movimento de paralisação.

Segundo dados dos movimentos e órgãos representativos dos servidores GAÚCHOS, o atraso / PARCELAMENTO de salários, atinge em cheio os servidores da área de segurança pública.

Na área da EDUCAÇÃO, 40% dos professores da rede pública não vão receber em dia.

Segundo o governo do RS a situação financeira do Estado é preocupante, com expressiva queda na arrecadação.

2 comentários:

  1. O que se pode dizer de um governo que não respeita quem cumpriu com o que o Estado lhe impos como condição para se aposentar ( tempo de serviço + contribuição) contribuição esta que continua, mesmo após a aposentadoria; esse senhor que ocupa o Palácio, pelo nosso voto, deveria olhar e respeitar quem trabalhou pelo estado e sua população por 30 anos ou mais, contribuindo com o que lhe foi imposto, pelo tempo exigido, na esperança de ter uma reta final da vida com respeito e dignidade; ele nem cargo tem no Estado, não é efetivo e quando sair ainda receberá uma pensão tendo contribuído por apenas 4 anos. É revoltante ter que olhar para este senhor e lembrar da eleição. Ele até acredita que ganhou a eleição, mas pra mim foi o Tarso que perdeu o pleito para si próprio, restando aos gaúchos o sofrimento nas mãos deste senhor INCOMPENTENTE e IRRESPONSÁVEL.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr. Ayres, bom dia.

      De fato a situação no Rio Grande do Sul é preocupante. O atual governador, logo que assumiu, aumentou seus vencimentos e fez uma série de nomeações de parentes. Em parte isso foi revertido pelo protesto e revolta manifesta pelos gaúchos. O governador, desde o princípio se mostro despreparado para o cargo.

      Lamentável que tenha sido eleito.

      Excluir

ATENÇÃO !!!! REDOBREM O CUIDADO COM O QUE ESCREVEM E COM OS TERMOS QUE USAM. O BLOG É LUGAR DE TROCAR OPINIÕES E NÃO DE TROCA DE OFENSAS. Deixe seu comentário na certeza de que sua opinião é muito importante. Ressalvamos o nosso direito de deletar conteúdos debochados, rasteiros, com pregação de ódio, ilegalidades, ofensivos ou injuriosos. A responsabilidade pelo que escreve é do autor do comentário, que poderá ser identificado com ordem judicial pelo IP.

ACERVO SOU SERVIDOR

CONEXÃO NOTÍCIAS

CONEXÃO NOTÍCIAS
O SERVIDOR / TRABALHADOR BEM INFORMADO - CLIQUE NA IMAGEM