sexta-feira, 10 de julho de 2015

ANTIGO ESTALEIRO MAUÁ - ATUAL EISA - PETRO UM - DEMITE 2.000 FUNCIONÁRIOS E NÃO PAGA SEUS DIREITOS

A DENÚNCIA É DO SINDICATO -  (Stimmerj) - QUE PROMOVEU MANIFESTAÇÃO NA MANHÃ DE HOJE NA PRAÇA XV


O Estaleiro Eisa - Petro Um, antigo Estaleiro Mauá, que engloba um grupo de holding industrial colombiano, inclusive a empresa de aviação Avianca, continua devendo os seus mais de dois funcionários demitidos recentemente, antes mesmo da organização fechar as suas portas temporariamente, há uma semana, no Rio de Janeiro. Uma manifestação encabeçada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Niterói e Itaboraí (Stimmerj), Região Metropolina do Rio, mobiliza cerca de mil empregados do estaleiro, na manhã desta sexta-feira (10/7). Os manifestantes caminham da Praça XV em direção ao edifício da Petrobras, na Avenida Chile, por volta das 10h30.


OPINIÃO

Os Governos Federal e do Estado do Rio de Janeiro, a Petrobras e a JUSTIÇA DO TRABALHO, precisam AGIR, usar seu PESO e mecanismo de PRESSÃO, incluído os políticos e LEGAIS, no sentido de EVITAR / REPARAR / MINIMIZAR o prejuízo e ESTRAGO na vida profissional, pessoal e familiar destes 2.000 OPERÁRIOS / TRABALHADORES.

É URGENTE GARANTIR SEUS DIREITOS.

Faz-se necessário ainda, que o GOVERNO FEDERAL elabore um PLANO DE AÇÃO para a indústria NAVAL, capaz de EVITAR o seu DESMONTE durante a crise econômica do momento. NÃO DÁ PARA PENSAR em recomeçar do ZERO, nessa área, onde se obteve um dos melhores resultados nos governos do ex-presidente Lula e no primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff.

DEFENDER A INDÚSTRIA NAVAL, DEFENDER O TRABALHADOR ESPECIALIZADO DESSA INDÚSTRIA É, DEFENDER O BRASIL E SEUS INTERESSES.

CONEXÃO SERVIDOR PÚBLICO
Na luta pelos direitos de todos os trabalhadores do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO !!!! REDOBREM O CUIDADO COM O QUE ESCREVEM E COM OS TERMOS QUE USAM. O BLOG É LUGAR DE TROCAR OPINIÕES E NÃO DE TROCA DE OFENSAS. Deixe seu comentário na certeza de que sua opinião é muito importante. Ressalvamos o nosso direito de deletar conteúdos debochados, rasteiros, com pregação de ódio, ilegalidades, ofensivos ou injuriosos. A responsabilidade pelo que escreve é do autor do comentário, que poderá ser identificado com ordem judicial pelo IP.

ACERVO SOU SERVIDOR

CONEXÃO NOTÍCIAS

CONEXÃO NOTÍCIAS
O SERVIDOR / TRABALHADOR BEM INFORMADO - CLIQUE NA IMAGEM