sexta-feira, 26 de junho de 2015

GOVERNO FEDERAL APRESENTA PROPOSTA DE REAJUSTE SALARIAL PARA OS SERVIDORES DO EXECUTIVO

Índice será de 21,3% - Distribuído em quatro parcelas, vigorando de 2016 a 2019

O secretário de Relações de Trabalho do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão – SRT/MP, Sérgio Mendonça, apresentou nesta quinta-feira, 25/06, a proposta do governo para o reajuste dos servidores do Poder Executivo.


As parcelas serão de 5,5% em 2016, 5,0% em 2017, 4,8% em 2018 e 4,5% em 2019.

O governo propôs o índice de 21,3%, dividido em parcelas de 5,5% em 2016, 5,0% em 2017, 4,8% em 2018 e 4,5% em 2019. O gasto da folha de pessoal permanecerá estável em 4,1% do PIB até 2019. O reajuste foi proposto com base na inflação esperada para os próximos quatro anos, mantendo o poder de compra do trabalhador.

A proposta de um acordo em quatro anos é inédita e representa um aprimoramento das negociações salariais. Ela é responsável do ponto de vista macroeconômico, facilita o planejamento do gasto e melhora a previsibilidade das contas públicas. Além disso, permitirá ganho real dos salários do funcionalismo e será uma referência importante nos próximos anos para as demais negociações do mercado de trabalho público e privado.

A referência à expectativa de inflação estimada pelo mercado contribui para a estratégia do governo de reduzir a inflação.

O valor total do reajuste é uma referência, e poderá ser distribuído de forma diferenciada conforme a carreira, desde que respeitado o limite de reajuste proposto.

Fonte: Site do Min. do Planejamento - <<<< Clique no Link para ver as matéria completa

Nota do Blog

Os representantes dos Servidores presentes à Reunião manifestaram sua insatisfação com a falta de outros itens importantes na negociação, como reajuste de benefícios, e o governo contra-argumentou que isso ocorrerá tão logo o ÍNDICE, parte principal da negociação seja fechado. O percentual proposto pelo governo, por certo que não repõe perdas, muito menos traz algum ganho salarial, mas, nesse momento parece ser até onde o governo federal pode e pretende chegar. De positivo o fato de que, ao contrário de alguns governos dos Estados e Municípios, no âmbito federal há espaço para diálogo e mesa de negociação, que  permanece aberta até agosto. O governo tem até o dia 21 do mesmo mês para enviar ao Congresso Nacional o Projeto de Lei que resultar do acordo SALARIAL FECHADO.

25/06/15 21:54
Fuso horário de Brasília - Atualizada em 26/06/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO !!!! REDOBREM O CUIDADO COM O QUE ESCREVEM E COM OS TERMOS QUE USAM. O BLOG É LUGAR DE TROCAR OPINIÕES E NÃO DE TROCA DE OFENSAS. Deixe seu comentário na certeza de que sua opinião é muito importante. Ressalvamos o nosso direito de deletar conteúdos debochados, rasteiros, com pregação de ódio, ilegalidades, ofensivos ou injuriosos. A responsabilidade pelo que escreve é do autor do comentário, que poderá ser identificado com ordem judicial pelo IP.

ACERVO SOU SERVIDOR

CONEXÃO NOTÍCIAS

CONEXÃO NOTÍCIAS
O SERVIDOR / TRABALHADOR BEM INFORMADO - CLIQUE NA IMAGEM