terça-feira, 26 de maio de 2015

CRISE NAS UNIVERSIDADES - EDUCAÇÃO TEM DE SER PRIORIDADE

EDITORIAL - PARA ALÉM DO DISCURSO


Professores são espancados no Estado do Paraná

Fala-se muito em EDUCAÇÃO, mas...a realidade do Brasil ainda é a de um país que não prioriza o planejamento e o investimento nessa área essencial.

A recente crise por que passam as UNIVERSIDADES PÚBLICAS no Rio de Janeiro - UERJ - UFF - UFRJ, sem falar nos colégios do ensino médio, como o de APLICAÇÃO ou PEDRO II, deixa evidente que não se dispensa a devida atenção, e nem existe a consciência de que colocar DINHEIRO PÚBLICO para manter SERVIÇOS e PRÉDIOS das INSTITUIÇÕES DE ENSINO e os SALÁRIOS de FUNCIONÁRIOS e PROFESSORES, não é gasto, e SIM INVESTIMENTO prioritário que não pode sofrer solução de continuidade.

Ainda que nos últimos 12 anos o governo do PT tenha investido muito e feito importantes programas e profundas mudanças nessa área, forçoso é, reconhecer, que permanecemos LONGE do IDEAL, e que nesse momento a CRISE que atinge nossas UNIVERSIDADES assume proporção preocupante, diante da paralisação de atividades ou aulas que, já no avançado mês de MAIO de 2015, nem começaram.

E nem vamos falar aqui, na SURRA que os PROFESSORES levaram no PARANÁ, ou na GREVE dos professores que se arrasta no ESTADO de São Paulo.

O comportamento pouco inteligente dos governantes coloca em crise a EDUCAÇÃO, abala INSTITUIÇÕES que são VITAIS para o nosso desenvolvimento, ameaçando o futuro do país.

Sergio Oliveira

*********
SAIBA MAIS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário na certeza de que sua opinião é muito importante. Ressalvamos o nosso direito de deletar conteúdos debochados, rasteiros, com pregação de ódio, ilegalidades, ofensivos ou injuriosos. A responsabilidade pelo que escreve é do autor do comentário, que poderá ser identificado com ordem judicial pelo IP.

ACERVO SOU SERVIDOR

CONEXÃO NOTÍCIAS

CONEXÃO NOTÍCIAS
O SERVIDOR / TRABALHADOR BEM INFORMADO - CLIQUE NA IMAGEM